Sexualidade e Amor

20.05.2016

 

                                  

Nem sempre sexualidade e amor caminham de mãos dadas. Temos sexo sem amor, 

amor sem sexo e, afortunadamente, sexo com amor.

 

Nossa cultura ocidental é mais centrada no plano físico,  onde o sexo é associado à

obtenção de prazer corporal, o amor nem sempre acompanha esse prazer, as pessoas 

se buscam  para vivenciar o corpo,independente  de terem construído ou não sentimentos

pelo  outro. Não há  problema  nisso , desde que se tenha  consciência  que  só  se 

busca  tão  somente  isso.  Tem-se  um objetivo  e a satisfação  dele.  Só que vejo que a

maioria das pessoas busca relacionamentos, desejam se envolver com o outro, procuram

alguém para trocar. Por isso é tão importante olhar para dentro de si, saber o que 

busca, para se encaixar no que deseja encontrar. Se busca amor, o sexo virá como

consequência natural;  mas se ao buscar amor aceita o outro que só busca o prazer do

sexo em si,  em  pouco tempo estará novamente vivendo a frustração de  mais uma  

separação. 

 

Uma verdadeira experiência de amor passa pelo plano físico, mas também tem que 

adentrar o plano do sentimento. No momento desse encontro vive-se a totalidade da

libido. O sexo puramente físico é tão somente alívio de tensão.

 

Amor e sexo promovem a integração do ser.  A experiência do amor em sua completude

é pura realização.  Daí a importância  do auto-conhecimento,  quanto mais  sabemos

sobre nós mesmos,  mais compreendemos  o que realmente desejamos,  e assim 

atraímos  o que nos pertence.  Passaríamos  a vivenciar muito mais  encontros do que 

desencontros. 

 

Silvia Marto
Please reload

  • Facebook Basic Black

Silvia Marto

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon

©2016 por P@t Estúdio. Silvia Marto Todos os direitos reservados.