As Mulheres-Ártemis


As mulheres-Ártemis não se sentem muito à vontade no meio urbano, preferem a natureza. Comumente possuem corpos atléticos, frequentam academias de ginástica, e procuram conforto para satisfazerem a si mesmas em primeiro lugar. São mulheres cheias de energia e com o espírito independente. Mesmo idosa, manterá seu corpo ativo, sempre em forma e bem conservado.

Diante de uma mulher-Ártemis, os homens não se sentem muito à vontade, porque a energia masculina desta mulher pode ser mais forte do que a própria energia masculina no homem. Ela sempre parece estar preparada para viver bem sem homens.

Muitas vezes os homens simplesmente não conseguem acompanhar seu ritmo.

Quando se fala em energia masculina, trata-se de termos como: Ação, Combate, Independência; características presentes tanto em homens como mulheres, sem nenhuma referência a sexualidade.

No mundo de hoje, algumas mulheres-Ártemis se sentem frustradas, por sentirem uma tremenda energia pulsante dentro de si com dificuldade de se manifestar na cidade. Elas necessitam viajar para lugares onde possam correr,cavalgar, escalar, liberar toda energia represada em seu interior.

Quando uma mulher-Ártemis se sente plena consigo mesma, ela não necessita da energia masculina externa como complemento, seu companheiro tem que vir pleno de sua própria energia masculina também. Ser alguém tão livre e independente quanto ela, bem no estilo VIVA e DEIXE VIVER, e tudo isso com muito amor envolvido.

O verdadeiro relacionamento para Ártemis é consigo mesma, por isso às vezes podemos vê-las como mulheres solitárias. Porém, quando entram em contato com Eros (Amor), sua paixão é selvagem e feroz.

A mulher-Ártemis não projeta a energia masculina no homem, ela mesma possui essa energia. Seu companheiro precisa ser emocionalmente forte e amadurecido, seguro de sua masculinidade, para viver uma vida feliz com a companheira que possua tais características.

Silvia Marto

Mitoanalista