Relacionamento com o homem regido pelo arquétipo de Hades

26.04.2019

 

 

     Hades, o deus do mundo inferior. Plutão para os romanos. 

     Vive em seu próprio mundo interno, no reino das sombras. Gosta de viver isolado e recluso.

     A pessoa regida  por este arquétipo tende à depressão e, se assim estiver, encontra-se sem vitalidade, efetuando suas tarefas de modo automático. Quando está bem, se realiza com o que a vida lhe proporciona,  mas prefere ficar sozinho e não chamar a atenção.

     Na cultura ocidental extrovertida, as pessoas aprendem que ser feliz é nunca estar só, portanto, os introvertidos sofrem com julgamentos negativos sobre o seu modo de se relacionar com a vida. Os introvertidos têm a facilidade de elaborar riquíssimos diálogos internos.

     A personalidade Hades vivencia experiências através da imaginação ativa e sonhos, e praticamente os vive como parte de sua realidade, mas não de uma forma alucinante, suas imaginações e sonhos têm conexão com a realidade  externa.

     O risco de se recolher em seu próprio mundo é grande, pois lhe falta objetividade e externalização das emoções. Hades nos mostra o mundo externo através de imagens e vozes interiores, reações e sensações físicas; comunica-se pouquíssimo através de emoções e palavras. Um homem com este perfil tem pouca visibilidade social.

     Assim como seus irmãos Zeus e Poseidon,  Hades também é um deus voltado ao casamento,  pois ele também é o senhor poderoso de seu reino, e todo rei busca o equilíbrio do reino tendo consigo sua rainha.  

     Hades tende a isolar sua companheira do mundo externo. Sua esposa é a deusa Perséfone que foi raptada por ele. 

     O grande desafio para uma personalidade Hades é se ajustar ao mundo externo.

     Homens Hades não têm uma boa desenvoltura com mulheres, e muitas vezes, pode estar em um local, uma festa por exemplo, e nem sequer ser notado. Quando tenta alguma investida, comumente não é aceito, sofre rejeição.

     Quando ele encontra  uma mulher com  capacidade de compartilhar  com ele experiências  do mundo interior de ambos,  a mágica acontece.  O mundo interior possui tesouros que somente personalidades assim têm facilidade de encontrar, e quando essa troca acontece, há uma profunda e verdadeira conexão de almas.  

      A ligação inconsciente  é muito forte,  facilitando a atração  entre pessoas com  tais características.  Quando essa ligação abrange também  o corpo,  a experiência física  sexual é profundamente  sentida a nível sensorial e psíquico, levando ao êxtase.

     Encontrando a mulher amada, que também o ame, o homem Hades se casa. Ele gosta da estabilidade e segurança do lar.  O casamento  é importante  para ele  que passa a  viver na sociedade  através da esposa  e dos filhos,  o que o ajuda a sair um pouco de sua reclusão natural.

     A mulher que  unir sua vida  a um homem  Hades tem que ter cuidado para não permitir que ele a isole do mundo; para que essa união seja saudável, ela precisa saber trazê-lo para o mundo de alguma maneira, ou será engolida pelo mundo interno dele.

     Quando tem o  apoio familiar e um trabalho estável,  é marido e pai provedor.  É comum que sua adaptação à vida no mundo externo ocorra por volta dos 40 anos. Se tiver desenvolvido outros arquétipos no decorrer da vida, através de relacionamentos  e no  âmbito profissional,  diferentemente  dos demais,  ele,  nessa fase  da vida,  consegue uma integração melhor que a maioria dos homens nas esferas do campo mental,  emocional e da vontade.  Porém, se não tiver constituído um lar, viverá recluso, com tendência à depressão.

     Personalidades Hades precisam desenvolver persona (papel que representam perante o mundo).

     Uma persona funcional sabe se adequar a situações e pessoas; isso para eles exige esforço consciente, não ocorre de maneira natural.

     A ativação do  arquétipo de Hermes  é muito importante  para que ele  saiba se comunicar com mais naturalidade, com menos receio de colocar para fora seus pensamentos e sentimentos.

     Quando se tem, pelo menos, três a quatro arquétipos bem ativados, se consegue viver de maneira mais plena, com mais facilidade de responder perante a vida de forma mais eficiente e adequada.

 

Silvia Marto

Please reload

  • Facebook Basic Black

Silvia Marto

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon

©2016 por P@t Estúdio. Silvia Marto Todos os direitos reservados.